Dra. Alice Bianchini realiza aula magna de pós-graduação em Direitos Humanos das Mulheres e Políticas Públicas

Em mês de conscientização, Faculdade Insted realizará palestra gratuita com doutora especialista no assunto

Dra. Alice Bianchini é vice-presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreiras Jurídicas e realizará palestra de lançamento da pós-graduação da Faculdade Insted (Divulgação)

A luta das mulheres por direitos vem percorrendo longos caminhos durante anos. No Brasil, a temática tem sido debatida principalmente a partir da década de 1980, com a criação de serviços, legislações e com a mobilização da sociedade visando a promoção da igualdade de gênero. Mas, é de conhecimento geral que a realidade ainda é bem diferente. Em uma busca contínua para o desenvolvimento de estratégias e a promoção de políticas públicas efetivas para o direito das mulheres, a melhor solução é o conhecimento e a informação.

Mato Grosso do Sul é o Estado com maior índice de homicídios de mulheres. Dados alarmantes disponibilizados pela Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) revelam que até julho de 2023 já foram registradas 11.244 ocorrências de violência doméstica em Mato Grosso do Sul, o que representa um caso a cada 30 minutos. Só em Campo Grande, quase 4 mil mulheres já foram vítimas até o momento.

A violência contra a mulher engloba uma ampla gama de comportamentos abusivos, como agressões físicas, psicológicas, sexuais e econômicas, além do feminicídio – o assassinato de mulheres por questões de gênero. No Brasil, um mês de grande relevância no combate a essa realidade é o “Agosto Lilás”, dedicado à conscientização e prevenção da violência contra a mulher.

Fechando o Agosto Lilás com chave de ouro, a Faculdade Insted realizará no próximo dia 30 (quarta-feira), às 19h, no teatro da instituição, o lançamento da pós-graduação em Direitos Humanos das Mulheres e Políticas Públicas com a palestra “Os Direitos Humanos das Mulheres na Contemporaneidade e o Enfrentamento à Todas as Formas de Violência e Discriminação”, com a Doutora em Direito Penal e especialista em violência de gênero, Profª Drª Alice Bianchini. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas através do site insted.edu.br na aba “Eventos”.

“De acordo com pesquisas realizadas no Brasil, no ano passado houve um aumento em relação a todos os tipos de violência contra a mulher e o feminicídio amentou em 6%. Sabemos que tal quadro desolador é em decorrência da falta de investimentos em políticas públicas de prevenção à violência de gênero e do quanto as mulheres foram impactadas pela pandemia do Coronavírus. Para reverter essa realidade, há necessidade de se propor políticas efetivas, que possam trazer melhores e mais rápidos resultados, daí a importância de uma pós-graduação em Direitos Humanos das Mulheres e Políticas Públicas, ao trazer informações valiosas acerca dos direitos e dar conhecimento das ações voltadas a garantir que eles sejam efetivados”, afirma Dra. Alice Bianchini.

Pós-graduação em Direitos Humanos das Mulheres e Políticas Públicas – Em sua segunda turma de pós-graduação em Direitos Humanos das Mulheres e Políticas Públicas, o curso é voltado para a qualificação de profissionais multidisciplinares que atuam em programas, projetos e ações que visam a garantia e defesa dos Direitos Humanos e o enfrentamento à todas as formas de discriminação e violência de gênero.

Sob coordenação da advogada especialista em Gênero e Políticas Públicas e atual subsecretária de Políticas para Mulher de Campo Grande, Carla Stephanini, a pós-graduação possui carga horária de 360 horas e modalidade híbrida, com aulas presenciais e remotas ao vivo, sendo disponibilizadas na plataforma digital do aluno Insted.

“Com uma equipe de professoras e professores com comprovada experiência na área, reconhecida formação e currículo, essa pós-graduação é uma oportunidade única de conhecer amplamente a história, os conceitos fundamentais, a construção dos direitos das mulheres, as legislações e as políticas públicas que visam garantir sua cidadania e dignidade, contribuindo para o aperfeiçoamento de profissionais que atuam e estão comprometidos com a promoção dos direitos humanos das mulheres”,  afirma a coordenadora do curso, Carla Stephanini.

O corpo docente é formado por profissionais reconhecidos nacional e internacionalmente em suas áreas de atuação.

Para os interessados no curso, basta se inscrever pelo site insted.edu.br ou entrar em contato pelo telefone/Whatsapp (67) 3201-5999.

Sobre a Faculdade Insted – É a primeira instituição do Centro-Oeste a aplicar as Metodologias Ativas de Ensino, desde sua estrutura até a matriz curricular. Estas metodologias são estratégias de trabalho em sala de aula que possibilitam o envolvimento do estudante em todas as atividades propostas. Lendo, estudando, discutindo questões, fazendo pesquisas e construindo soluções para problemas.

A Faculdade Insted fica localizada na Rua 26 de Agosto, 63 – Centro. Para mais informações, entre em contato pelo telefone ou WhatsApp (67) 3201-5999.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Prova Online
Redação
Portador de Diploma
Segunda Graduação
Transferência de outra Instituição
Usar nota do Enem